© 2023 por Amante de Livros. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • Branco Ícone Google+

SOBRE

Destaque

PENSAMENTOS SOLTOS

​É assim que chamo meus poemas. Não coloco datas, não coloco nome. Saem como pensamentos livres de algo que me invade em algum momento. Gosto de escrevê-los, mesmo que não ache que sejam tão bons assim. Entretanto, como pretendo mostrar aqui meus escritos, resolvi chamar o blog dessa forma, pois todo escrito, toda história, começa como um pensamento solto que vai tomando forma como um conto, um romance, um poema. Pode ser algo que se queira transmitir. Pode ser algo sobre o que se queira falar. Contudo, sempre será apenas uma história. Gosto muito do poema de Fernando Pessoa:

AUTOPSICOGRAFIA

O poeta é um fingidor.
Finge tão completamente
Que chega a fingir que é dor
A dor que deveras sente.

E os que lêem o que escreve,
Na dor lida sentem bem,
Não as duas que ele teve,
Mas só a que eles não têm.

E assim nas calhas da roda
Gira, a entreter a razão,
Esse comboio de corda
Que se chama o coração.

Na verdade, acho que todo escritor é um fingidor. Um mitômano incurável que busca tratamento tentando ser outras pessoas, viver outras vidas, brincando de ser um deus qualquer daquele pequeno mundo que cria. Eu sempre penso quando começo a escrever: “E se alguém fizesse isso, como pensaria? Quem é ele? Quem é sua família? Ele tem uma?”. Assim, começo uma pequena aventura. Às vezes longa, outras vezes curta, porém, sempre buscando algo que não sei o que é e nem sei se é algo, se é apenas o desejo de externar e construir pequenas histórias. Brincar de Criar.

JUAN PAGE

Tags
Inscreva-se para receber atualizações do Amante de Livros